A última frase de São João Paulo II antes de partir desta vida

j

by Addan Dyego

}

13 nov, 2020

Ele a pronunciou em polonês, com voz frágil, seis horas antes de deixar este mundo rumo ao Abraço Eterno do Pai

A última frase de São João Paulo II antes de partir desta vida ficou eternizada nos documentos que registram o último dia da sua passagem por este mundo.

Por disposição do Papa Bento XVI, os detalhes significativos sobre o falecimento do Papa polonês foram reunidos num relatório divulgado em setembro de 2005 e vinculado ao boletim oficial do Vaticano, a Acta Apostolicae Sedis.

Com mais de 200 páginas, o relatório descreveu a jornada de partida do Papa polonês rumo ao Abraço Eterno do Pai: 2 de abril de 2005, um sábado, dia dedicado a Nossa Senhora.

A última frase de São João Paulo II

Pelo horário italiano, Karol Wojtyla entrou em coma por volta das 19 horas e faleceu às 21h37, mas antes, aproximadamente às 15h30, apesar de muito fragilizado, febril e com um tubo na garganta, ele tinha reunido as poucas forças físicas que lhe restavam para pronunciar a sua tocante frase de despedida.

Em sua língua materna, o polonês, ele fez um pedido-declaração tênue, mas claro, seis horas antes de partir:

“Deixem-me ir para a Casa do Pai”.

Fonte: Aleteia

Destaque

Posts relacionados

O olhar do Mestre para o Traidor

Meditemos sobre o Evangelho que precede o do Lava-pés. A ira e a avareza do Traidor o levaram a entregar Jesus por 30 moedas de prata: o preço de um escravo. O Mestre, todavia, o amou até o fim.

ler mais

“O TEU DEUS NÃO É A TERRA…”

Santo Agostinho viveu e escreveu no século IV, e todavia seus escritos não se tornam desatualizados. Vamos meditar sobre um pequeno trecho do livro “Confissões”.

ler mais

Precisa de ajuda?

Entre em contato

SIGA-NOS

SOBRE O AUTOR

Addan Dyego

Casado com a Taynara Oliveira, Pai de dois filhos. "Roma Locuta est, Causa Finita Est"

COMENTÁRIOS

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POSTS RELACIONADOS

“O TEU DEUS NÃO É A TERRA…”

“O TEU DEUS NÃO É A TERRA…”

Hoje vamos meditar sobre um pequeno trecho do livro Confissões, de Santo Agostinho. Ele é de grande proveito espiritual, assim como toda a obra. “‘O teu Deus não é a terra, nem o céu, nem qualquer outro ser corporal’. É isso que a natureza das coisas afirma, e todos...

O exorcismo em Cafarnaum

O exorcismo em Cafarnaum

Vamos meditar neste mês sobre um trecho do começo do Evangelho de Marcos, proposto pela Liturgia para o último domingo do mês de janeiro. Mc 1, 21-28 21 Entraram em Cafarnaum e no sábado foi à sinagoga e se pôs a ensinar. 22 Admiravam-se da doutrina, pois ele os...

O prólogo do Evangelho de São João

O prólogo do Evangelho de São João

O Evangelho do 7º dia da oitava de Natal neste ano é o prólogo do Evangelho de São João. Vejamo-lo. João 1, 1-18 1 No princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 2 No princípio estava ele com Deus. 3 Todas as coisas foram feitas por intermédio...